Amores no ambiente escolar

Ninguém está vulnerável a uma paixão e normalmente quando nos apaixonamos somos capazes de fazer coisas muita das vezes estupidas. Por essa razão vemos tantos casos de mortes em um relacionamento por causa de ciúmes e outros problemas relacionados ao ciúme. No artigo de hoje falaremos sobre esse tipo de caso, mas voltado para o ambiente escolar. Será que esse tipo de paixão atrapalha na escola ou não? Os pais ou professores devem ficar atento a isso?

A paixão no ambiente escolar traz quais tipos de consequências?

O que os professores mais veem é namoros que ocorrem em ambientes. Na minha opinião esse tipo de namoro pode ser muito bom, caso seja controlado e não passe dos limites. Olhando para o lado positivo, esse namoro ajudará a pessoa (no caso o aluno) a se desenvolver socialmente, ganhar experiência amorosa e maturidade em alguns casos, ou seja, isso de certa forma vai ajudar no desenvolvimento da pessoa. Levante a mão o que nunca teve uma paixonite na infância? Ou melhor, deixe um comentário.

  •  Veja o Vídeo abaixo:

Esse foi o lado positivo de ter uma paixonite na infância. O lado ruim é quando a pessoa não sabe controlar essa situação e acabe sendo prejudicado. A partir disso a pessoa fica com baixo desempenho na escola, suas notais caem bastante. Há alguns casos em que há até briga por causa de ciúmes levando ao aluno a expulsão total da escola. Lembro-me do que eu presenciei quando era jovem. Tinha um menino na escola e esse menino dava muito trabalho, ouve boatos que ele está envolvido com drogas. O amigo desse menino se envolveu a menina de um cara que estava namorando. Ai você já viu a confusão que isso tudo gerou, o menino viu sua namorada com outro e ainda foi agredido fisicamente pelos outros dois.

Solução para o problema?

Como podemos resolver esse tipo de caso, ou controlar essas paixonites no ambiente escolar? Primeiramente gostaria de dizer que um homem apaixonado é muito diferente de uma mulher apaixonada e o que vale para os dois casos é uma punição severa por parte da escola. Mas a solução principal está na BASE, ou seja, em casa. Os pais devem instruir seus filhos para que eles sabem se controlar nessa situação.

admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *