Amores no ambiente escolar

Ninguém está vulnerável a uma paixão e normalmente quando nos apaixonamos somos capazes de fazer coisas muita das vezes estupidas. Por essa razão vemos tantos casos de mortes em um relacionamento por causa de ciúmes e outros problemas relacionados ao ciúme. No artigo de hoje falaremos sobre esse tipo de caso, mas voltado para o ambiente escolar. Será que esse tipo de paixão atrapalha na escola ou não? Os pais ou professores devem ficar atento a isso?

A paixão no ambiente escolar traz quais tipos de consequências?

O que os professores mais veem é namoros que ocorrem em ambientes. Na minha opinião esse tipo de namoro pode ser muito bom, caso seja controlado e não passe dos limites. Olhando para o lado positivo, esse namoro ajudará a pessoa (no caso o aluno) a se desenvolver socialmente, ganhar experiência amorosa e maturidade em alguns casos, ou seja, isso de certa forma vai ajudar no desenvolvimento da pessoa. Levante a mão o que nunca teve uma paixonite na infância? Ou melhor, deixe um comentário.

  •  Veja o Vídeo abaixo:

Esse foi o lado positivo de ter uma paixonite na infância. O lado ruim é quando a pessoa não sabe controlar essa situação e acabe sendo prejudicado. A partir disso a pessoa fica com baixo desempenho na escola, suas notais caem bastante. Há alguns casos em que há até briga por causa de ciúmes levando ao aluno a expulsão total da escola. Lembro-me do que eu presenciei quando era jovem. Tinha um menino na escola e esse menino dava muito trabalho, ouve boatos que ele está envolvido com drogas. O amigo desse menino se envolveu a menina de um cara que estava namorando. Ai você já viu a confusão que isso tudo gerou, o menino viu sua namorada com outro e ainda foi agredido fisicamente pelos outros dois.

Solução para o problema?

Como podemos resolver esse tipo de caso, ou controlar essas paixonites no ambiente escolar? Primeiramente gostaria de dizer que um homem apaixonado é muito diferente de uma mulher apaixonada e o que vale para os dois casos é uma punição severa por parte da escola. Mas a solução principal está na BASE, ou seja, em casa. Os pais devem instruir seus filhos para que eles sabem se controlar nessa situação.

– Futuro dos Jovens Estudantes

Bem vindo ao WordPress. Este é o seu primeiro post. Edite ou apague, depois comece a escrever!Um dos problemas que os pais de adolescentes mais discutem é acerca do futuro do seu filho, seja o futuro estudantil, profissional ou financeiro. Sempre surgem vários argumentos em torno de uma família sobre o que é, e o que não é bom para seus filhos. O que é bom para seu filho? Os segredos do enem ou uma faculdade ou até mesmo o empreendedorismo?

ada vez mais aumenta a quantidade de jovens que se arriscam na vida de empreendedor e abandonam a faculdade e o que o “sistema prega”. Isso beneficia todos, gera mais empregos, movimentação de dinheiro e tantos outros benefícios.

Muitos desses jovens alcançam o sucesso que planejaram algum tempo atrás depois de muito esforço e dedicação no trabalho e na vida pessoal. Aqui vai algumas dicas para os jovens empreendedores:

Antes de abrir qualquer negócio faça uma pesquisa com o dono de um negócio no mesmo ramo do qual você queira abrir. Isso vai te ajudar a entender como realmente funciona o negócio que você quer abrir possibilitando você ter uma visão de 360º sobre o seu empreendimento.

Abandonar a vaidade em prol do trabalho. Isso realmente é difícil de se fazer. Não é necessário. Com certeza dá para auxiliar as duas coisas, basta esforço e dedicação da sua parte.

Escreva tudo em um papel. Escreva 3 situações do seu negócio, a pessimista, mediana e otimista e sempre trabalhe encima da pessimista administrando bem o seu capital de giro.

Abra seu negócio a partir de necessidades e não baseado em ideias mirabolantes.

Determinação. Com certeza essa é a chave para tornar qualquer sonho em realidade, seja em qualquer área da vida, você sempre precisará de determinação para conseguir o que você quer.

 Faculdade ou Empreendedorismo?

Essa é a questão que deixa muitos pais intrigados com seus filhos. Eu como fundador da Saran Ghills apoio e dou total apoio ao jovem empreendedor. Para eu o jovem tem todo o direito de escolher seu futuro de sua maneira, sem interferência dos pais ou responsáveis. Mas infelizmente o cenário onde o jovem larga a faculdade para se “aventurar” no mundo do empreendedorismo não faz parte da nossa realidade e por isso essa ideia e atacada constantemente por todos. Na minha opinião de empreendedor eu acredito que essas pessoas não reconhecem o seu potencial e não possuem a mesma visão sua.

Não faz sentido ir para faculdade e ficar lá por 4 ou 5 anos dependendo da faculdade e depois ir trabalhar. Eu como empreendedor digo: É MUITO MAIS FÁCIL VOCÊ FICAR RICO EMPREENDEDO DO QUE AO PASSAR POR UMA FACULDADE